home | news

Post

Fatores que impactam a produtividade nas obras de construção civil

imagem postagem
20/08/2019

Em obras de construção civil produtividade e lucro caminham juntos. Isso porque quanto mais produtiva a obra for, menores serão os custos da construtora ou empreiteira e maior a rentabilidade do negócio.
 
Então, quanto maior for a eficiência para usar recursos sem desperdícios de tempo, dinheiro e insumos, maior a economia proporcionada e também as chances de fazer entregas dentro do prazo previsto inicialmente.
 
Mas como medir a produtividade das obras? 
 
A engenharia consultiva pode ajudar? 
 
Como?
 
Para esclarecer todas essas dúvidas preparamos uma lista com tudo o que sua empresa precisa observar para executar obras com eficiência e produtividade.

Boa leitura!
 

9 pontos de atenção para garantir obras de construção civil mais produtivas

 
Preparado para descobrir o caminho das pedras para aumentar a margem de lucro da sua construtora ao entregar empreendimentos com qualidade e segurança
 
Confira uma lista com os principais fatores que podem impactar positivamente as obras de construção civil:
 

1. Planejamento de obras

Considerada uma das etapas mais complexas de uma obra, o planejamento vai além da interpretação correta do projeto e da escolha dos métodos construtivos a serem utilizados. Exige também organização e capacidade de antecipar imprevistos.
 
Sabe por quê? Quando os desvios são identificados com antecedência fica mais fácil mudar a estratégia sem comprometer o prazo de entrega da obra.
 
Então, quanto mais detalhado, estudado e elaborado for o planejamento de obras menores serão os imprevistos e , portanto, os riscos, como por exemplo de retrabalhos, isto é, maior a otimização de custos envolvidos e também a produtividade da equipe de trabalho.
 
Todo esse esforço deve ser realizado antes mesmo da apresentação da proposta. Afinal, é determinante para se pensar na logística e fazer a elaboração do orçamento do empreendimento.
 
Veja uma checklist resumida das informações que devem conter em um planejamento de obras eficiente:
 
  • Equipes e frentes de serviço;
  • Tipos de equipamentos a serem utilizados;
  • Logística de transporte de recursos;
  • Organização do pátio de armazenamento de materiais e equipamentos;
  • Definição e planejamento do canteiro de obras;
  • Consideração de prazos legais, prazos de elaboração de projetos, prazos de fabricação e fornecimentos, etc.
  • Elaboração do cronograma físico-financeiro com a sequência de atividades a serem realizadas, com base em premissas de produtividade e consideração de fatores de improdutividade;
  • Definição de histograma de recursos;
  • Levantamento de riscos e plano de ação para contornar caminhos críticos.

2. Projeto executivo

Decisivo para o sucesso ou fracasso de um empreendimento, o projeto executivo é o conjunto de informações técnicas que devem direcionar as obras de construção civil. 
 
Assim sendo, deve conter todo o detalhamento construtivo para a instalação, montagem e execução de serviços e obras definidas no escopo do contrato.
 
Confira alguns dos detalhes construtivos que devem ser apresentados no projeto executivo com base no projeto básico aprovado:
  • cálculos estruturais;
  • especificações técnicas;
  • memoriais descritivos;
  • lista de materiais e equipamentos;
  • processo construtivo;
  • plantas e desenhos;
  • relatórios técnicos.
Embora pareça se tratar apenas da elaboração de um novo projeto, o projeto executivo é um documento que detalha todas as etapas do projeto básico. Tudo isso, em conformidade com as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) para que possa ter credibilidade.
 
Muitas obras são licitadas somente com projetos básicos, o que pode culminar em erros estruturais e outras surpresas como problemas de desequilíbrio econômico-financeiro do contrato, que venham a necessitar de elaboração de pleitos. Isso porque a elaboração dos projetos executivos leva tempo e é preciso considerar o risco de ocorrências de novos fatos durante esse período.
 
Em outros casos, existe ainda a necessidade da elaboração do projeto executivo de forma simultânea à construção. Em situações como essa, é importante ter uma boa coordenação considerando que existem diversas disciplinas envolvidas. 
 
O projeto deve estar sempre à frente da construção de obras.
 

3. Mão de obra qualificada

Por que é tão importante contratar mão de obra qualificada para a execução de obras de construção civil?
 
Porque profissionais especializados geram mais produtividade e reduzem custos de obras. Com eles, os retrabalhos diminuem na mesma proporção que a dor de cabeça causada por obras atrasadas. 
 
Como em obras de construção civil tudo precisa ser planejado, calculado e vistoriado, o desafio das construtoras é equilibrar materiais de qualidade com uma execução eficiente.
 
Isso só se torna possível com a contratação de mão de obra qualificada, o que evita descuidos pela falta de preparo e também as chances de acidentes de trabalho. 
 
Afinal, como diz a expressão popular, o barato pode custar caro. E economizar na contratação pode gerar prejuízos bem maiores do que o que seria investido para contratar profissionais qualificados.
 

4. Motivação da equipe de trabalho

Ter uma equipe motivada é outro ponto de atenção fundamental para a produtividade da obra. Funcionários satisfeitos trabalham com mais agilidade e qualidade.
 
Por isso, a dica é manter a comunicação alinhada durante todas as etapas da construção. 
 
Ao delegar tarefas, o gestor de obras deve ser sempre claro e objetivo para que não restem dúvidas. Assim, cada um sabe o que deve ser feito e qual sua importância para a execução do empreendimento, o que evita atrasos, erros e retrabalhos.
 
Tem a oportunidade de reconhecer esforços? Elogie. 
 
Sobrou tempo entre uma fase e outra? Reserve para treinos e capacitações. 
 
São pequenos gestos que ajudam a aumentar a motivação da equipe de trabalho e fazer com que os colaboradores se sintam valorizados.
 

5. Gestão de compras dos materiais e equipamentos utilizados

Então, para que a equipe de trabalho se mantenha produtiva é preciso investir na eficiência da gestão de compras. O que previne transtornos causados pelo atraso na entrega de insumos e também o desperdício de recursos no canteiro de obras.
 

6. Equipamentos

A definição dos tipos de equipamentos a serem utilizados, assim como o dimensionamento de quantidades, também é fator importante.
 
Importante destacar que a decisão do tipo de equipamento não deve ser efetuada simplesmente pelo valor de locação ou compra do equipamento.
 
Por exemplo, o valor de locação ou compra de um trator D8 certamente é maior que de um trator D6. Entretanto, precisa ser realizado estudo considerando também que a produtividade do trator D8 é bem maior que a produtividade de um trator D6, ou seja, realiza o serviço em menos tempo, podendo reduzir o prazo de execução da obra e, consequentemente, o custo do empreendimento. 
 

7. Controle de obras

Embora demande atenção, dedicação, tempo e recursos para fazer o controle de obras, esta é uma atividade imprescindível, pois esta poderá gerar indicadores e alertas de atenção para a tomada tempestiva de decisões. Obras sem controle é como fazer um vôo sem painel de controle.
 
Se com o planejamento é possível prever as atividades, prazos e recursos pertinentes ao projeto, é por meio do controle que essas ações são monitoradas e podem ser ajustadas. 
 
O controle de obras não se refere apenas ao acompanhamento do avanço físico e financeiro, mas também controles de:
  • qualidade;
  • prazos;
  • custos;
  • desvios;
  • riscos do projeto;
  • documentos técnicos e administrativos;
  • projetos;
  • fabricações;
  • frentes de serviço;
  • materiais;
  • mudanças de escopo;
  • produtividade da equipe e dos equipamentos utilizados;
  • resíduos;
  • serviços de terceiros;
  • registros relevantes em diários de obras;
  • transportes de insumos;
  • controle tecnológico.
Algo que ajuda a construtora a garantir o sucesso na execução de projetos de obras de construção civil.
 

8. Gestão de contratos

Quando se ouve falar em gestão de contratos, a primeira coisa que vem em mente geralmente são pilhas de documentos, o que não deixa de ser verdade, mas na construção civil é decisivo para o planejamento estratégico e orçamentário.
 
Além de envolver a definição dos pacotes de contratação, a seleção de fornecedores, o planejamento de insumos e a supervisão dos trabalhos, é a gestão de contratos que assegura o cumprimento do acordo estabelecido. Inclui ainda a possibilidade de ajustes e revisões de cláusulas contratuais.
 
No caso de obras de infraestrutura, que naturalmente envolvem diversas disciplinas e contratos específicos, é uma atividade ainda mais importante. Isso porque envolve a análise e gestão de projetos, sondagens, topografia, concretagens, transporte, alimentação, equipamentos, prestadores de serviço, entre outros.
 
Um contrato precisa ser muito bem elaborado e gerenciado, pois implica em definições de escopo, produtos a serem entregues, prazos, valores, reajustes, garantias, penalidades, forma de medições e pagamentos, retenções, rescisões, mudanças de escopo, responsabilidades entre as partes, dentre outros pontos.
 
É a gestão de contratos que garante o cumprimento de todas as cláusulas estabelecidas em contrato e evita prejuízos de possíveis quebras contratuais.
 

9. Gestão de obras

Para que o empreendimento se concretize dentro do orçamento e prazo estipulado não se pode agir com improviso. É necessário fazer um gerenciamento contínuo da efetivação de cada um dos projetos e execuções, o que chamamos, na engenharia civil, de gestão de obras.
 
A atividade pode ser realizada por arquitetos ou engenheiros, segundo a Lei 5.194/1996, mas não exclui o acompanhamento das tarefas executadas no canteiro, muito menos do controle orçamentário, da contratação de recursos e da comunicação interna.
 
É papel da gestão de obras administrar o tempo, os recursos e a equipe para maximizar a eficiência, isto é, cumprir o cronograma de obra e também o orçamento previsto.
 

Como atender a todas essas demandas de obras de construção civil?

Existem duas opções viáveis para atender a todas essas demandas de obras:
  1. Contratar um profissional especializado para cada atividade a ser executada.
  2. Contar com o suporte de uma empresa de engenharia consultiva: engenheiros especializados em todas as demandas de obras que acabamos de ver.
Como é de se imaginar a primeira envolve um esforço maior para contratar e gerenciar os profissionais envolvidos, enquanto que a segunda otimiza tempo.
 
Com a engenharia consultiva, sua empresa pode atender a todos os desafios do gerenciamento de obras de construção civil. É colocar um especialista no canteiro de obras para representar o seu negócio durante todas as etapas do empreendimento.
 
Conheça as principais vantagens de contratar profissionais de engenharia consultiva para as suas obras:
  • controlar a qualidade dos projetos;
  • controle geral do empreendimento;
  • mais assertividade nas decisões;
  • reduzir custos e prazos de execução;
  • otimizar a qualidade e a segurança das obras de construção civil;
  • reduzir riscos e impactos negativos;
  • potencializar a vida útil de cada projeto;
  • aumentar a segurança e funcionalidade do empreendimento para os usuários finais.
Está em dúvida se vale a pena ou não contar com a ajuda de uma empresa de engenharia consultiva? Veja 12 motivos para considerar essa ideia neste outro post do blog.
 

Por que contratar a CLG Engenharia Consultiva

Para ter acesso a todos esses benefícios e aumentar a margem de lucro sobre as obras executadas conte com a experiência comprovada da CLG Engenharia Consultiva.
 
Com soluções inteligentes de gestão e engenharia consultiva, oferecemos serviços que geram valor para nossos clientes e também para a sociedade, o que resulta não só em resultados financeiros positivos, mas principalmente em obras eficientes, seguras e com qualidade.
 
Vamos conversar sobre as necessidades da sua empresa e eliminar possíveis dúvidas e dificuldades do caminho?
 
Estamos à disposição para ajudar sua empresa e equipe a planejar e executar obras de construção civil com sucesso garantido. Envie a sua mensagem ou, se preferir, ligue para nós. Será um prazer atender aos seus desafios construtivos!

 

veja também

Artigos

12 motivos para contratar uma empresa de engenharia consultiva para suas obras

Atender aos desafios envolvidos no gerenciamento de obras de construção civil exige atenção, conhecimento técnico, contratual e desenvoltura. Entenda porque.

Artigos

O que é planejamento de obras e por que ele é tão importante?

Essencial para o sucesso de qualquer empreendimento, o planejamento de obras é a etapa mais importante de um projeto construtivo, pois prevê falhas e evita possíveis prejuízos.

Instagram

CONHEçA A EMPRESA

Faça o download da apresentação e portfólio da CLG